Translate

quinta-feira, novembro 27, 2008

LÓGICA DOS DESLIZAMENTOS DE TERRA


Quem mora perto de rodovias pode sentir a lógica do efeito de um caminhão passando. Em frente a minha casa tem uma rua asfaltada. -Principalmente durante à noite quando estamos pensando em dormir podemos sentir um TREMOR na casa quando um caminhão passa em alta velocidade.
Nas construções de rodovias, a vítima sempre é a natureza. Esse mesmo tremor(que lembra um leve tremor de terra) que sentimos em nossas residências, a natureza e toda a terra que a protege também sente. É óbvio que essa sequência vai provocar desmoronamentos, principalmente quando a terra está encharcada de água.
Sei de várias casas que contém rachaduras por estarem perto de estradas ou perto de trilhos de trem. Essas rachaduras ocorrem com mais frequência em casas próximas à ruas onde consta tartarugas (colocadas para diminuição de velocidade).
Agora, se construirmos em lugares mais elevados, as chances de descermos mais rápido se torna bem maior. Vários fatores contribuem para deslizamentos de terras, rachaduras ou desmoronamento de residência, e um deles, é a trepidação ocasionada pela passagem de veículos nas ruas. O outro motivo é mais que óbvio, ou seja, construir em lugares que devíamos deixar a natureza em paz.
(by Mar)

quarta-feira, novembro 26, 2008

VERDADES QUE NÃO DEVEM CALAR ...


Com respeito as famílias que perderam pessoas queridas, com respeito aos flagelados pela enchente, com respeito ao planeta Terra.
A primeira vista olhamos a foto e vemos o caos. Ele é fato e existe. Existe porém, outro caos se formando que é causado pelo lixo humano.
A extensão da enchente é do mesmo comprimento das perdas materiais que vão água abaixo, rios e mar adentro.
A natureza se vinga e de quebra recebe os materiais que as famílias necessitavam, se transformando em veneno para o planeta. São os restos utilizados pelos humanos que entopem as saídas de água, exceto em alguns lugares onde mar e rios se encontram não deixando a água baixar.
Em cima dessa tragédia, o comércio do Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e outros estados estão vendendo como água mercadorias de reposição para os flagelados.
As vendas no estado estarão aquecidas nesse final de ano.
-Nas cidades afetadas haverá com certeza uma hiper-inflação no preço dos alimentos.
A distribuição dos donativos está sendo feita sem regras. Alguns caminhões estão deixando mercadorias em lugares que não existe necessitados. Algumas pessoas cujas casas não foram afetadas se aproveitam para tirar vantagem de doações. Mas vale, e muito, a generosidade das pessoas nessa hora.
- Na hora das desgraças quando todos deveriam ser solidários, infelizmente começam a aparecer saqueadores de residências que tinham que ser abandonadas às pressas, saqueadores de mercados e a outros comércios.
"AS VÍTIMAS DAS ENCHENTES DE S.C agradecem ao Brasil por todo apoio e donativos recebidos"
embora,
"O mundo está entupindo com lixo dos humanos" -É fato!
"Para salvar a humanidade antes precisamos salvar o PLANETA TERRA. -É FATO!
"A Natureza não pode ser invadida pelos humanos" -é uma verdade que chora e que a humanidade não quer ouvir.
(by Mar)

Novembro de 2008 - A vingança da Natureza.

O governador de Santa Catarina, Sr Luís Henrique da Silveira esteve em Jaraguá do Sul ontem, 25/11/2008. Chegou de helicóptero.
Uma vez questionado sobre o que ele achou dos estragos na cidade, ele respondeu:
-"Estranho que onde ouve deslizamento havia apenas árvores"!!!!
Como o povo pode reeleger essa figura?
Não sabia ele que havia construções morro acima de onde houve o deslizamento?
Não sabe ele que em TODOS os deslizamentos, eu disse TODOS houve ação da mão humana em cortes irregulares de árvores?
Os deslizamentos em beira de rodovias, cujos morros foram cortados para fazerem estradas.
O atual prefeito de Jaraguá do Sul, Sr Moacir Bertoldi durante os 4 anos de mandato, em momento algum, demonstrou amor pela cidade.
O Sr Prêmio Motosserra 2006, Luis Henrique da Silveira, nunca demonstrou amor pela natureza, muito pelo contrário, árvore para ele é lenha.

Ele têm muitos seguidores. Grande maioria do ser humano é sem noção no que se refere a vida. Cada um pensa que a vida gira em torno deles mesmos, são os que pensam que animais não têm sentimentos e que a natureza é morta, não tem vida própria.
Pessoas de ideias curtas e olhos grandes, são responsáveis pela doença do planeta.
(By Mar)

sábado, setembro 20, 2008

Estamos num mundo onde a sutileza é esquecida e a maldade alimentada.


Sábado frio e chuvoso. Hoje acordei meio que de mau humor e não sabia porque. O dia diria.... e disse: As fotos por si dizem tudo. Não podemos podar uma árvore dos nossos jardins sem licença ambiental, no entanto centenas de carretas trafegam por SC diariamente carregando árvores que levam dezenas de anos para crescer. Elas absorviam o CO2 emitido por esses caminhões que transportam cadáveres de madeira.








Dez horas da manhã, observei a cena no acostamento e parei. Poderia dizer aqui que o marronzinho estava apenas tentando salvar a cachorra. Tentei salvar ela mas não teve jeito, era muito sangue. O que pude observar foi que o marronzinho tentava ter relações com a cachorra, tentando reanimar ela talvez? sei lá! O pretinho apenas olhava ora para ele, ora para a fêmea caida. Nenhum tentou me morder qd aproximei e retirei a fêmea.
Veredicto: O atropelamento foi causado devido a fêmea estar no cio. Os dogs de rua são sem noção nessa ocasião.(a fêmea morreu antes de ser socorrida) -Em se tratando de cães de rua, pude observar que a maioria deles é mais feliz assim. Tem dono de cachorro que não merece um latido.
(by Mar)

quinta-feira, setembro 18, 2008

Eles vão comer dinheiro... ah vão!

Observando a atual política,
observando o comportamento humano - sem ir longe,
apenas na cidade de Jaraguá do Sul.
Em menos de dez anos o Rio Itapocu vai estar totalmente podre
e talvez, eu disse talvez........ ainda restem algumas árvores no alto
de alguns morros.
A fome aqui é tanta que prefeitura, políticos, indústria, todos fecham
os olhos para devorar do mesmo prato, ou seja: A NATUREZA!
O desmatamento e poluição dos rios chegou a tal forma que
ninguém mais se arrisca a tentar conter.
Que pena! -que pena que não posso dizer aqui as coisas todas
que sinto com relação a chamada "inteligência humana".

quarta-feira, setembro 17, 2008

DAVID SUZUKI no documentário THE 11th OURS (A ùltima Hora)


Fala de: DAVID SUZUKI – (cientista) Os economistas não incluem todas as coisas que a natureza faz para nós de graça.
Algumas tecnologias nunca seriam capaz de fazer o que a natureza faz.
Por exemplo: polinizar as plantas floríferas. Qual seria o custo de retirar o gás carbônico do ar e devolver oxigênio? Coisa que a vegetação faz para nós de graça?
É possível dar uma estimativa aproximada do custo de substituir a nossa natureza. O Dr.Robert Constanza, isso já tem alguns anos, estimou um custo de 35 trilhões de dólares por ano, para se fazer o que a natureza faz para nós de graça. Para poder entender isso... somando-se todas as economias anuais de todos os países do mundo, naquela época, o resultado seria 18 trilhões de dólares. Então a natureza fazia o dobro... do que as economias do mundo fariam para nós. E na insensatez das economias convencionais, isto não é incluído.

domingo, setembro 07, 2008

O Relógio do Juizo Final




Stephen Hawking( Professor of Mathematics Cambridge University) , no momento em que anunciava o adiantamento
do Relógio do Juízo Final ou Pêndulo do Apocalipse(foto).


***Palavras dele no documentário "A ÚLTIMA HORA":
– O perigo é que o aumento da temperatura...
talvez se torne auto-suficiente,
se esse já não for o caso.
Seca e desmatamento, estão reduzindo a quantidade de gás carbônico reciclado na atmosfera.
E o aquecimento dos mares pode causar a liberação de grandes quantidades de CO2 preso no leito do oceano.
Além disso, o derretimento do gelo dos pólos, reduzirá a quantidade de energia solar que é refletida no espaço, aumentando ainda mais a temperatura.
Nós não sabemos onde o efeito estufa irá parar mas, na pior das hipóteses, a Terra ficaria igual a seu planeta semelhante, Venus ... com uma temperatura de 250 graus centigrados e chuva ácida sulfúrica.
A raça humana não poderia sobreviver nessas condições. (Stephen Hawking)

sexta-feira, setembro 05, 2008

Wangari Maathai no documentário THE 11 HOUR

Na minha região do mundo, eu digo as pessoas... "só façam desmatamento responsável.
-Não vamos destruir as montanhas que tem florestas. Porque se vocês destruirem estas florestas , os rios irão secar. As chuvas ficarão irregulares. As colheitas vão minguar e todos morrerão de fome.
As pessoas não compreendem que tudo está interligado.
(Wangari Maathai)
-----------
A ecologista queniana Wangari Maathai, é a primeira africana a ganhar o prêmio Nobel da Paz. Ela sucede a iraniana Shirin Ebadi, primeira muçulmana a obter este reconhecimento.

sexta-feira, agosto 08, 2008

Mata Atlântica ou o que resta dela.

Sede do Instituto RÃ-BUGIO - numa parte da Mata Atlântica. O que chamamos de
"plantas invasoras" ou "exóticas" transmitem uma certa fascinação pelas formas que assumem.
Elas não crescem de uma forma qualquer. Estranho que criam formas familiares aos humanos como que, suplicando pelo território que lhes pertence.
(by Mar)
Uma foto de um momento de pausa para discussões ambientais na nova sede do Instituto Rã-Bugio para Conservação da Biodiversidade. Parabéns à Policia Ambiental de Santa Catarina pelos extraordinários serviços prestados ao que sobra da obra Divina. Aos fundos na foto, observamos que estranhas imagens se formam na natureza, em louvor à esses homens de honra. Que Deus abençoe e proteja vocês bravos guerrreiros.
*********
When the last tree has been taken,
the last river has been poisoned
caught the last fish from the oceaneat
your money then.
*******
Wenn der letzte Baum gerodetder
letzte Fluß vergiftetder letzte Fisch gefangen,
werdet Ihr verstehen,
daß man Geld nicht essen kann.
******
"...quando a última árvore tiver caído,
o último rio for contaminado,
o último peixe for pescado,
vcs verão q $ não se come..."
*****
Solo después que el último arbol haya sido cortado
Solo después que el último río haya sido envenenado
Solo después de que el último pez haya sido pescado
Solo entonces descubrirás
que el dinero no se puede comer
Profecia dos Índios Cree
(By Mar)

sábado, agosto 02, 2008

Pgna 186 do livro CONGO - Michael Crichton.
***
... Contudo, as florestas tropicais haviam gerado a maior parte das novas formas de vida,
inclusive o homem.
A selva não era um único ambiente uniforme,
mas muitos microambientes diferentes,
dispostos verticalmente, como camadas de um bolo.
Cada microambiente sustentava uma profusão espantosa de vida vegetal e animal.
Mas, tipicamente, havia poucos representantes de cada espécie.
A selva tropical sustentava quatro vezes mais espécies da vida animal
do que uma floresta temperada equivalente.
Avançando pela floresta, Elliot descobriu-se a pensar nela como
um enorme útero, quente e escuro,
um lugar em que novas espécies eram alimentadas em condições inalteradas,
até que estivessem prontas para emigrar,
ao encontro de zonas temperadas mais inóspitas e variadas.
Assim fora, por milhões de anos.
(by Michael Crichton)
----------------
Obs.: Essa parte do livro nos põe a refletir de muitas formas.
Podemos viajar na imaginação de que fomos plantados cosmicamente
em lugares fecundos desse planeta mãe Terra(viva).
Suponho que entre todos os seres criados, o homem foi o ser que mais
desenvolveu o sentimento "medo". É comum ver pessoas que não gostam
de árvores perto de suas casas. Querem lugares abertos para verem o nada
que não assusta.
Presumimos então que desmatando, estamos transformando a MÃE TERRA
num planeta ESTÉRIL. Com o desmatamento deixam de surgir novas formas
de vidas e elimina-se rapidamente as já existentes.
Daí, chegamos a conclusão que o homem será o último a ser eliminado da face
da Terra, após eliminar todas as demais formas de vida.
Finalmente, sabemos que para o planeta sobreviver...
temos que - - ser tão inteligentes como os macacos e
aplicar um controle rígido de natalidade.
(by Mar)

ORANGOTANGOS, CHIPANZES e GORILAS.

Pgna. 136 do livro CONGO(Michael Crichton)
***
... Ao longo dos anos, aprendera a ficar revoltado com os preconceitos que os seres humanos demonstravam em relação aos grandes macacos, considerando os chimpanzés como crianças simpáticas, os orangotangos como velhos sábios e os gorilas como bestas enormes e perigosas. Estavam enganados, em todos os casos.
Cada um desses animais possuía características singulares, não se enquadrando absolutamente nos estereótipos humanos. Os chimpanzés, por exemplo, eram muito mais insensíveis do que os gorilas.
Como os chimpanzés eram extrovertidos,
um chimpanzé furioso era muito mais perigoso do que um gorila furioso.
No jardim zoológico, Elliot costumava observar, espantado, como as mães humanas empurravam os filhos para verem os chimpanzés mais de perto, enquanto as puxavam protetoramente, diante dos gorilas. Obviamente, tais mães não sabiam que os chimpanzés pegavam e devoravam
bebês humanos, algo que os gorilas nunca faziam.
.........

quinta-feira, julho 31, 2008

CONGO livro de Michael Crichton

na página 249 do livro temos o seguinte:
*******
Mesmo há 300 anos, na França, Inglaterra e no resto do mundo,
as grandes cidades do homem estavam isoladas por hectares de região
selvagem, por onde vagueavam animais não domesticados,
como haviam feito por milhares de anos antes. E, no entanto,
a expansão do homem continuou, inexoravelmente.
Há uma centena de anos, nos últimos dias dos grandes
exploradores europeus, a natureza se reduzira tão radicalmente
que constituía uma novidade. Foi por esse motivo que as
explorações, africanas seduziram a imaginação do homem do
século XIX. Entrar num mundo realmente natural era exótico,
além da experiência da maior parte da humanidade, que vivia
do nascimento à morte em circunstâncias inteiramente fabricada
pelo homem.
No século XX, o equilíbrio deslocou-se de tal forma que, para
todos os efeitos práticos, pode-se dizer que a natureza desapareceu.
Plantas selvagens são conservadas em estufas, animais selvagens em
jardins zoológicos e reservas de caça, ambientes artificiais criados pelo
homem como uma recordação do mundo natural outrora predominante.
Mas um animal num jardim zoológico ou numa reserva de caça não leva
a sua vida natural, tanto quanto um homem numa cidade leva uma vida
natural.
Hoje estamos cercados pelo homem e suas criações. O homem é
inevitável, por toda parte do globo, a natureza é uma fantasia,
um sonho do passado, há muito perdido.
****
nota: Copyright 1980 - by Michael Crichton
Esta edição não pode ser vendida em Portugal.
****

quinta-feira, julho 17, 2008

DINAMARCA - UNS DOS PAÍSES MAIS POBRES EM CULTURA.

Cultura z e r o - Sabedoria z e r o - Ignorância nota MIL.
- E assim, caminha a humanidade. Deus tá vendo!

A matança muda a cor das águas marítimas. Ao lado espécime com a sacola reprodutiva...






Multidão aprecia a chegada e a matança cruel das espécimes, - fato acima...
A Dinamarca faz parte da União Européia;
e é uma das nações mais avançadas do mundo,
por isso devemos enviar estas chocantes imagens
ao máximo de pessoas mundo afora,
como forma de não ficarmos indiferentes
diante destes fatos chocantes
e não caiamos na omissão,
que é uma das piores das barbáries da humanidade
contra estes indefesos espécimes da ictiofauna,
como mostra as fotos enviadas pelo P. Coelho,
que tudo indica
entra nessa encosta de mar para procriar
e ali são barbaramente assassinadas pelos dinamarqueses,
e depois de enlatadas,
são vendido mundo afora como uma especialidade daquele País.
É crime que não difere muito do que praticado,
por exemplo,
com os cardumes de tainhas em Santa Catarina,
no Brasil,
quando esta epécie reofilica da ictiofauna marítima
deixa águas frias do sul para nadar contra correntes marítimas
amadurecendo esperma & ovas no curso milenar até ocorrer o acasalamento reprodutivo,
o que reduz ano a ano devido o homem e suas redes
sempre mais sofisticadas .
cortar esse passeio reprodutivo em canais de encostas do mar,
principalmente na ilha Capital de SC, - Florianópolis.
Temos nossa parcela de responsabilidade
diante do mundo e de nossos semelhantes na atual, e futuras gerações...
Dou as mesmas notas para o brasileiro assassino de tainhas em período de reprodução.
*** E pior muito pior, isso aí em cima não é prá matar a fome de pobre não,
é para aquele mundão de gente satisfeita se divertir as gargalhadas em cima da mesa.
*** Como vovó já dizia: "É mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha do
que um rico ir para o céu. Eles são os legítimos culpados, porque querem mais e
muito mais, e se alguém tentar impedir eles pagam mais, muito mais, para essa
matança continuar.

domingo, abril 20, 2008

Sua Majestade Simpsom

Foto 15/04/2008
Aniversário de 15 anos.
Raça: Pastor Alemão (candidato a pastor na próxima encarnação)
Maior defeito: -Teimosia.
Qualidade: -Educação (supera muitos de outra espécie)
Humor: -Já foi barrulhento como o melhor amigo de outra espécie.
Diversão: Dormir.

sábado, janeiro 05, 2008

QUE FRUTO É ESSE?


Consegui a foto da árvore, a foto do fruto. Minha madrinha e eu estávamos por aí, e vimos a tal árvore. Dois senhores tomavam chimarão à sombra dela. Pedi se um deles poderia subir e colher um fruto e eis o fruto da questão. Perguntei: -que fruto é esse? -Não sei respondeu o homem, sei apenas que tem cheiro ruim e que não se come. No mercadinho a caminho de casa, entre amigos coloquei a questão novamente. Fulano disse que é FRUTO CURI. -Fruto Curi? -É fruto curioso rsrs. Daí veio cicrano e disse que é um CAFEZEIRO, que na casa dele tem uma árvore só que o fruto é menor, metade do tamanho desse. E que um senhor mandou um exemplar para o Globo Reporter querendo saber a utilidade da fruta e a reportagem disse tratar-se de um cafezeiro e que as sementes são utilizadas para fazer doce. É um fruto um tanto curioso, apresenta os polos norte e sul, se dividindo nos cinco continentes. A mãe natureza é fantástica, dá de graça coisas que os humanos nem sabem prá que serve, enquanto isso, na ignorância, os humanos continuam derrubando essas criações que só a mão de Deus sabe desenhar.(by Mar)